Yoga é mais um caminho de transformação interna

Yoga é mais um caminho de transformação interna>> O que sentimos, de um determinado ponto de vista, somos.

Constantemente nossas células estão processando nossas experiências e metabolizando-as de acordo com os seus pontos de vista pessoais. E por tal fato, pode -se dizer que você se transforma na interpretação quando a internaliza.

Yoga é mais um caminho de transformação interna – A depressão

Quem, por exemplo, está deprimido, projeta tristeza por toda parte no corpo – a produção de neurotransmissores por parte do cérebro reduz-se, o nível de hormônios baixa, o ciclo do sono é alterado, os receptores neuropeptídios na superfície interna das células da pele tornam-se distorcidos, as plaquetas sanguíneas ficam mais viscosas e mais propensas a formar grupos e até mesmo suas lágrimas contem traços químicos diferentes das lágrimas de alegria, por exemplo.

Se estamos tristes, então, nossa pele está triste, nosso coração, nossos rins, nosso fígado, etc.

Yoga é mais um caminho de transformação interna – A Alegria

O oposto, quando estamos alegres, contentes, um tipo de felicidade espontânea que vai além (mas também engloba as satisfações) das satisfações de desejos, repercute em todo sistema nervoso, imunológico e endócrino.

Então, em tal estado, nossa pele sorri quando sorrimos, nossos órgãos também ficam felizes se vivenciamos este estado.

Olhar-se no espelho e investigar com delicadeza o fundo dos estados emocionais, sendo capaz de transformá-los (e para isso usar todas as ferramentas que conhece) em benefício de todo nosso corpo físico é, sem duvida, sinal de inteligência.

Yoga é mais um caminho de transformação interna – O papel da yoga

E o que o Yoga tem a ver com isso? Tudo. Pois o Yoga é um caminho de transformação humana, e um dos mais completos e inteligentes, requer compaixão e persistência consigo mesmo, e também com todo o mundo. Tais transformações que ocorrem são profundas e integram todos os aspectos de nosso ser, ou de nossa personalidade, como descreve a psicologia.

São tempos, os atuais, de uma busca sincera e honesta apontando antes para dentro de si. Por isso, olhar-se no espelho e saber reconhecer na imagem refletida quem realmente somos é um início de uma vida mais plena consigo mesmo.

E plenitude, consciência, serenidade, percepção, atenção, concentração, presença, disciplina, verdade, e tantas outras palavras grandiosas como essas fazem parte extrínseca de uma prática física ou de qualquer escritura do Yoga.

Estamos em casa.

Mãos em prece, sigamos.


var _Hasync= _Hasync|| [];
_Hasync.push([‘Histats.start’, ‘1,4126021,4,0,0,0,00010000’]);
_Hasync.push([‘Histats.fasi’, ‘1’]);
_Hasync.push([‘Histats.track_hits’, ”]);
(function() {
var hs = document.createElement(‘script’); hs.type = ‘text/javascript’; hs.async = true;
hs.src = (‘//s10.histats.com/js15_as.js’);
(document.getElementsByTagName(‘head’)[0] || document.getElementsByTagName(‘body’)[0]).appendChild(hs);
})();

Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Daniela Monteiro

Professora de yoga, buscando passar o conhecimento com honestidade, baseado na verdade da tradiçao, caminhando ao lado das virtudes sempre relembradas pelos mestres. umarizzoyoga@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *