Medit (AÇÃO): como a ação pode mudar a sua vida?

Como a ação pode mudar a sua vida? >> Quando o semáforo abre, nós dirigimos.

Quando o relógio marca 18h00, saímos do trabalho.

Quando alguém levanta a voz, retrucamos. Quando buzinam no trânsito, respondemos com alguma interjeição maldosa.

O costume é tanto, que raramente percebemos como nosso condicionamento mental nos prejudica.

Afinal, sempre fomos acostumados a reagir instintivamente ao que acontece ao nosso redor.

Mestre Dogen Zenji, fundador da escola Soto Zen, do Zen Budismo, enquadra o ser humano em dois tipos de “eu”: Waga (da expressão japonesa “Waga Mama”, que significa pessoa egocêntrica) e Jiko (como ele chamou o “Eu Verdadeiro”, aquele que age distante da nossa vontade pessoal.

Meditação – como a ação pode mudar sua vida

Seguindo o mesmo pensamento, Monja Coen — monja brasileira pertencente à tradição Soto Hu Zen-Budismo —, afirmou: “essa sua raiva tão pessoal e individual não serve para nada. Se você tivesse uma indignação maior do que você, sairia desse lugar, você se libertaria.”

Pensamentos fortes? E como! Mas muito verdadeiros.
Afinal, em qual ponto nos esquecemos que podemos agir ao invés de reagir?
Em que momento da nossa trajetória passamos acreditar que a nossa autorrealização é mais importante que a realização do coletivo?

Voltando a Mestre Dogen, é dele o ensinamento: “Jiko o narau to iu wa jiko o wasureru nari”: “estudar o ‘eu’ é esquecer-se do ‘eu’.

Como a ação pode mudar sua vida – O Caminho

Portanto, se realmente desejamos entrar no caminho da meditação, o caminho capaz de nos ensinar a viver plenamente o momento presente, precisamos ter em mente uma coisa: será necessário nos despedirmos de tudo o que acreditávamos fazer parte da nossa personalidade.

Mas o que eu quero dizer com isso, afinal? Que você não poderá mais expressar livremente a sua individualidade? Que não poderá expressar os seus dons e habilidades? De forma alguma.

Quando falo que para ingressar no caminho da meditação você deverá se esquecer do seu “eu”, quero dizer que, com a prática, passará a se perceber naturalmente como uma gotinha de água que compõe o oceano inteiro e, consequentemente, entenderá a importância da sua individualidade em prol da coletividade.

Ao nos livrarmos de todas as nossas máscaras, que vestimos para nos proteger das ameaças do mundo, passamos a viver com o coração aberto e pleno.
Só assim, após essa limpeza de todas as couraças que não nos pertencem, estaremos prontos para viver as particularidades da nossa mônada e expressar a plenitude do Ser Divino que somos.

Como a ação pode mudar sua vida – A transformação

A partir desse momento, uma transformação vai acontecer.

Assim, expressando os dons puros que recebemos do Universo, poderemos fazer a diferença.

Como unidades conscientes da manifestação do Amor, vamos ajudar a somar qualidades a esse imenso oceano da existência, que envolve todos nós.

Quando mestre Dogen fala que “estudar o ‘eu’ é esquecer-se do ‘eu”, quer dizer que quando passamos a estudar a fundo nosso interior, quando ingressamos no autoconhecimento, naturalmente percebemos que o “eu” que imaginávamos ser, nada mais é que um conjunto de máscaras construídas para agradar o mundo externo, para nos proteger de ameaças imaginárias, que acreditamos serem reais.

Com essa clareza, deixamos de ser Waga, uma pessoa egocêntrica, e passamos a ser Jika, a pessoa que pensa pelo coletivo e não pela individualidade.

Quando sentamos em meditação silenciosa e apreciamos o momento presente, percebemos que ao invés de reagir instintivamente ao que acontece na nossa vida, podemos agir.

Podemos observar toda situação como uma oportunidade de aprendizado. É por isso, que dentro da palavra Meditação existe a palavra Ação.

Com a regularidade da prática meditativa, seremos capazes de aprender a observar os acontecimentos com calma e naturalidade. Assim, desfrutaremos da sabedoria e serenidade de transmutar a reação em ação.

Que a magia da ação se fortaleça em você.

Paz e Consciência,

Dhyana Rishika.




Outros artigos interessantes deste mesmo autor:

Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Dhyana Rishika

Terapeuta Reiki, Instrutora de Meditação em diversas técnicas, Terapeuta de Massagem Relaxante e Energética e Terapeuta em formação dos Florais de Bach, tem na Cura sua missão de vida. Jornalista por formação, utiliza o dom da fala, sensibilidade e de aconselhamento para fazer uma leitura integral de cada Ser e, a partir disso, aplicar a técnica necessária para a liberação mental e espiritual e o desabrochar da verdadeira essência da Unidade, natural a cada um de nós. Reikiana nível I pela Associação Brasileira de Reiki. Método Mikao Usui de Cura Natural Reikiana Nível II pela formação com a Mestra Reiki Vera Lúcia Gonçalves. Método Mikao Usui de Cura Natural Terapeuta de Florais de Bach pelo Instituto Dr. Edward Bach (conclusão prevista para setembro de 2018) Terapeuta de Massagem Relaxante e Energética pelo Senac Campinas Instrutora de Meditação com 10 anos de vivências e experimentações na área Jornalista pela ESAMC Campinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *