Os Meridianos – Astrologia e Medicina Chinesa

Os Meridianos>> Falarei hoje sobre os Meridianos e os Colaterais.

Na Medicina Tradicional Chinesa este tema é de suma importância.

Os Meridianos englobam as funções fisiológicas, as variações patológicas e todas as relações internas entre órgãos e vísceras (chamamos de Zang-Fu).

Os Meridianos são tão importantes na parte do sistema da Medicina Tradicional Chinesa que será dito e redito por todos os profissionais e em todas as teorias.

Ao mesmo tempo, a Teoria dos Meridianos e Colaterais se desenvolveu no acumulo de experiências em especial na prática.

Aqueles especialistas em Acupuntura, Massagem, em Chi Gong ou Moxabustão foram os que desenvolveram e criaram as pontes entre o conhecimento teórico e a prática clínica, fazendo assim uma forma de popularizar tal sabedoria.

O Conhecimento dos Meridianos são uma forma exemplar de unir outras teorias, tais como:

Teoria do Aspecto das Manifestações do Oculto,
Teoria das Energias,
Teoria do Sangue e dos líquidos orgânicos
Em síntese, para assim fazer um bom diagnóstico e seguir com a conduta terapêutica.
Mais interessante é ver este tema se repetir ao longo de diversas dinastias ao longo dos séculos.

Os Meridianos e colaterais

Os meridianos e colaterais são por onde caminham a `energia´ e o sangue em todo o organismo.
Conecta órgãos e vísceras, dos membros às articulações.
Liga o que está em baixo com o que está em cima.
Ao mesmo tempo são bilaterais e simétricos.
Uma passagem de um percurso interno.

Existem meridianos que são a passagem que liga o que está em cima ao que está em baixo e o que está dentro com o que está fora

Muitas vezes explicava para pacientes e alunos que os meridianos se equiparam aos rios.

Onde existem as extremidades fontes que são como o início aonde temos pouca quantidade de água e que depois vai se juntando a outras nascentes até formar um riacho e posteriormente um pequeno rio e com o caminhar do trajeto chega a um rio grande e na sequência um rio caudaloso.

Assim são os termos em chinês e existem pontos nos meridianos que tem funções energéticas com cargas diferentes.

Dá para aprender e saber utilizá-las no momento que entendemos estas configurações dos níveis de carga energética.

Tem três órgãos Yin e três órgãos Yang relacionados com o braço e a perna.

Meridianos também são chamados de canais

Cada membro do corpo é atravessado por seis meridianos por onde flui a energia, sendo três yin no interior e três yang no exterior.

Cada órgão yin está emparelhado com seu correspondente yang, por exemplo:

– o órgão yin do pulmão corresponde e está diretamente conectado com o órgão yang do intestino grosso.

Vou deixar aqui primeiro a divisão dos órgãos yin e yang:

Órgãos Yin:

Pulmão
Coração
Pericárdio
Fígado
Rim
Baço
Órgãos Yang:
Intestino Grosso
Intestino Delgado
Triplo Aquecedor (San Jao)
Vesícula Biliar
Estomago.
Também conhecidos como:
Canal Tai Yin do braço: Pulmão
Canal Tai Yin da perna: Baço
Canal Shao Yin do braço: Coração
Canal Shao Yin da perna: Rins
Canal Jue Yin do braço: Pericardio
Canal Jue Yin da perna: Fígado
Canal Yang Ming do braço: Intestino Delgado
Canal Yang Ming da perna: Estomago
Canal Tai Yang do braço: Intestino Delgado
Canal Tai Yang da perna: Bexiga
Canal Shao Yang do braço: Triplo Aquecedor
Canal Shao Yang da perna: Vesícula Biliar

De alguma forma a energia (Qi) circula continuadamente através dos meridianos regulares, sendo que as vezes o fluxo de Qi e de Sangue encontram seu nível de pico de energia num determinado meridiano.

Nisso o ciclo diário nos meridianos tem uma certa ordem:

Pulmão (3 – 5 am)
Intestino Delgado (5 – 7 am)
Estomago (7 – 9 am)
Baço (9 – 11 am)
Coração (11 am – 1 pm)
Intestino Delgado (1 – 3 pm)
Bexiga (3 – 5 pm)
Rim (5 – 7 pm)
Pericárdio (7 – 9 pm)
Triplo Aquecedor (9 – 11 pm)
Vesícula Biliar (11 pm – 1 am)
Fígado (1– 3 am)

Estas informações dos horário de pico da circulação de energia e sangue é de grande ajuda para o especialista na hora de considerar o diagnóstico e decidir as estratégias do tratamento.



Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *