A melhor maneira de viver

A melhor maneira de viver

A melhor maneira de viver… é vivendo!

Isso mesmo! Parece lógico, não é? Mas porque você nunca deu atenção a isto antes? Medo? Preguiça?

Pense um pouco e depois pense no quanto você perdeu ao longo dos anos pela ignorância.

Isso mesmo!

Pela ignorância, pois, a ignorância é o pior pecado que existe na vida do homem, pois, ela destrói oportunidades, vidas, prosperidades, curas, enfim, mata os sonhos e planejamentos do homem.

Segundo o Budismo, a ignorância é uma das causas maiores das ilusões e consequentemente a causa dos sofrimentos.

Na Bíblia, o profeta Oseias relata que seu povo foi destruído pela ignorância.

No hinduísmo, a ignorância é vista como um demônio.

Como vencemos esta batalha?

Buscando o conhecimento.

A busca pelo conhecimento é que de fato lhe possibilitará uma real mudança tanto de vida quanto de perspectiva.

Certa vez, ao ler o livro de Osho, “Aprendendo a silenciar a mente”, compreendi como eu estava fazendo as coisas de uma maneira mais complexa.

Tudo me parecia ser mais simples do que de fato eram…

Às vezes, teorizamos mais do que precisamos.

Quantas vezes não esperamos por algo difícil, uma verdadeira luta armada em um imenso campo aberto e quando chega a hora… tudo bem, não precisa.

??? Isso mesmo… ficamos sem entender como, porque? “Pera aí”… como assim?

Não vai fazer do jeito que eu imaginei?

Me preparei tanto, me desgastei tanto e para nada?

Às vezes damos importância demais a certas coisas. Mas, nem sempre o que você acha importante de fato as são.

O melhor a se fazer é esperar as coisas acontecerem no momento em que tiverem de acontecer.

Não devemos sofrer por antecedência em momento algum, apenas esperar os fatos e na medida do possível resolvê-los.

Não devemos sofrer de ‘véspera’.

Vivamos a cada dia o seu mal. Não foi isso que Jesus nos ensinou?

Esperar é a chave de tudo, ou seja, sem ansiedades…

Isso mesmo!

Esperar um pouco mais, respirar um pouco mais e tentar controlar seus impulsos.

Respire fundo e conte até 10…9…8…7…6…5…4…3…2…1… isso mesmo… concentre-se em sua respiração…

Escolha um tema para meditar sem pressa, como fizemos no primeiro capítulo deste livro, vamos, tente!

Vamos tentar um assunto bem light, ok? Dia seguinte.

Vamos lá! Respire fundo e veja o seu amanhã hoje.

Amanhã eu irei atender em uma clínica num centro espírita, mesmo eu não sendo espírita, aceitei a oportunidade de praticar mais um pouco e ter a possibilidade de casos mais complexos.

Todas as quartas-feiras eu atendo na parte da manhã, gratuitamente.

Procuro dormir bem quando estou em casa, assim, acordo bem-disposto para o atendimento.

Quando acontece de eu sair do meu plantão e ir direto para lá eu fico um tanto sonolento e acabo por deixar escapar certos pontos que em um outro dia eu percebo e anoto em minhas fichas.

No final, tudo acaba bem, só um pouco mais cansado.
Recompensador quando vemos as nossas crianças progredirem e terem a chance de mudar sua história, isto não tem preço.
Só mesmo vivenciando…isso mesmo…experimentando.
Experiências reais e não teóricas…
Só de fato saberemos as coisas quando experimentarmos e nada mais.
Vamos lá!
Vivencie um instante só…
COMPREENDA.
Vamos tentar entender!!!
“Na tentativa de entender o que se passa, observamos a nós mesmo”
Robert Happé




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Li Yan

Sou Escritor... Autor de A Meditação e a neurociência... A Meditação e a aprendizagem, Meditação, Sabedoria oriental, Pensamentos Orientais, Simples assim, RESPIRE bem e viva zen, Síndromes, transtornos e distúrbios, Distúrbios de aprendizagem, Hein? Estudo sobre a memória, Melhor idade ? Será? Sou pedagogo. NEUROPSICOPEDAGOGO CLÍNICO e Teólogo Budista. Além de músico, atendo em meu consultório e ministro cursos e palestras... Contato: 11 976728557 Visite meu blog : neurotópicos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *