Introdução e História do Reiki

Introdução e História do Reiki

Antes de falar sobre a história do Reiki é preciso responder uma pergunta:

O que é o Reiki?

Com base na resposta a essa pergunta podemos por conseguinte, ter percursos históricos e origens diferentes

Em primeiro lugar, a etimologia da palavra pode ser compreendida da seguinte maneira:

Rei, que pode ser traduzido como espírito ou Divino

Ki, por sua vez, pode ser traduzido como energia ou sopro vital.

Assim, Reiki pode ser traduzido como a transmissão da energia universal com fins terapêuticos.

Se partimos portanto dessa definição, o Reiki provavelmente é tão antigo quanto o próprio ser humano.

Desde tempos longínquos existem registros da imposição de mãos, assim como transmissão de energias sutis com fins terapêuticos.

A espécie humana, desde que adquiriu a auto consciência começou a criar os primeiros sistemas religiosas.
Sobretudo, acreditou que se poderia transmitir e utilizar uma energia invisível, de origem espiritual.

Essa energia servia para a cura dos diversos males que assolam a humanidade.

Até onde se sabe, analogamente, todas as religiões têm alguma forma parecida com essa prática.

No entanto, sempre houve dificuldade de sistematizar e entender com clareza esse princípio.

Alguns pessoas nascem com aptidão natural para isso. Por conseguinte, desde crianças costumam ser solicitadas tanto por parentes quanto amigos para praticarem a imposição de suas mãos.

Outras, no entanto, sempre tiveram mais dificuldade tanto em aplicar quanto em perceber os efeitos ao receberem essas energias.

Por essas e outras razões sempre houve uma necessidade de estudar e sistematizar de forma clara e palpável essa energia.

Ela costuma receber os nomes nas mais variados, nas diversas culturas humanas.

Em 1922, um monge budista chamado Mikao Usui, conseguiu tanto canalizar quanto criar uma sistematização dessa energia.

Pesquisas recentes mostram que Mikao Usui era da tradição Shinto. Essa escola possui algumas peculiaridades em relação às escolas de budismo mais tradicionais.

Usui estava em uma prática de Isyu Guo. Esse treinamento budista consiste de 21 dias que envolve jejum.
Além disso, também meditações e orações.

Em virtude dessas práticas, recebeu a inspiração e canalizou o reiki através de seu Chakra coronário

Sua inspiração veio trazer a possibilidade de não apenas poder aplicar essa energia universal a qualquer ser vivo, como também meios de transmitir essa energia a outras pessoas.

De tal forma que elas também se tornam canais dessa energia.

Tal transmissão se daria através de uma metodologia cuja principal característica seria o uso de símbolos

Os relatos das pessoas que conviveram com Usui dizem que ele quase não utilizava os símbolos.

No entanto, provavelmente isso se deve a ter sido um espirito já extremamente avançado e evoluído, com alto domínio na manipulação das energias.

É provável que os símbolos seriam uma ferramenta para pessoas que não tivessem um treinamento e habilidade tão desenvolvidos.

Muitos reikianos comparam os símbolos do reiki com rodinhas de bicicleta.

Como a maior parte da humanidade ainda não tem um domínio e experiência no uso e manipulação de energias, os símbolos servem como um apoio para trazer e transmitir a energia.

O reiki representa toda uma filosofia de vida, não apenas símbolos para a transmissão das energias.

Usui era um grande admirador de um dos imperadores de sua época, O imperador Meiji. Ele via grande valor nos escritos e trabalhos de Meiji.

De tal sorte, isso levou Usui a sintetizar e resumir o trabalho deste imperador. Com efeito, tornou-os acessíveis ao maior número de pessoas possível.

Com essa finalidade elaborou o Gainen, que mais tarde se transformaram  nos famosos 5 princípios do Reiki.

Isso será explicado no final do artigo

Após a estruturação da filosofia e da metodologia do Reiki, Mikao usui montou a primeira escola. Ela foi fundada quando mudou-se para Tokio e se chamou Usui Reiki Ryōhō Gakkai.

Seus discípulos afirmaram que ele ensinou o Reiki a 2000 pessoas. Transmitiu todo o conhecimento e método necessário para aplicarem a energia e transmitirem-na através de iniciações a outras pessoas.

O reiki é ensinado em três módulos ou níveis

Primeiro nivel – o despertar

Neste nível o aluno desperta para seu potencial de auto cura e inicia sua jornada no caminho do reiki.
O foco aqui é a cura assim como a purificação física, embora já traga alivio tanto de stress quanto ansiedade

Segundo nível – A transformação

Neste nível, O aluno se transforma de forma mais profunda.

Agora a uma ampliação da energia para o nível mental e emocional. Curas profundas de emoções são realizadas neste nível. O envio à distância também se torna possível

Terceiro nível – A realização

Neste nível, o aluno já se torna mestre de si mesmo. Aqui, depois de ter passado pela cura física e emocional, o praticante já começa a adentrar seus níveis mais sutis, buscando o amor incondicional

Mestre

No mestrado, depois de já ter se tornado mestre de si mesmo, o aluno está apto a se tornar um mestra da energia. Dessa forma, poderá manipulá-la de diversas maneiras e transmitir a técnica a outras pessoas.

 

Os cinco princípios do Reiki

 

 

Só por hoje, não se preocupe

Esse princípio do Reiki nos faz entender e aceitar é que Deus tem um propósito para todos e tudo o que ocorre em nossas vidas. Uma só folha não cai de uma árvore sem a permissão da divindade.

Mesmo que muitas vezes, com nossa ignorância, não entendamos o propósito de algumas situações em nossas vidas, devemos aceitar que elas acontecem por uma razão, e para nos ensinar, nos tornando pessoas melhores.
Além disso, nossos erros servem como aprendizados. Tudo está na divina ordem e portanto não há porque se preocupar

Só por hoje, não sinta raiva

A raiva é, dentro da filosofia reiki, a origem de todas as outras emoções negativas. Ela é totalmente desnecessária e causa inúmeros malefícios ao nosso corpo físico, energético e emocional. Vai totalmente contra nossa evolução espiritual, pois nos cega e não nos faz pensar com clareza e discernimento. Ela expressa e nos mostra a parte mais primitiva e imatura em nós mesmo e deve ser controlada.

Só por hoje, tenha gratidão com as bênçãos que recebe

Esse princípio nos lembra que a energia da gratidão é aquilo que nos conecta com mais acontecimentos que geram gratidão. Muitas vezes pedimos e esquecemos de agradecer. Outras vezes, apenas reclamamos daquilo que não temos e não damos o devido valor a tudo aquilo que já recebemos. É quase impossível termos tudo o que desejamos, assim, feliz é aquele que agradece e valoriza tudo aquilo que tem. Com o tempo, a prática da gratidão nos faz ficarmos felizes simplesmente por existirmos

Só por Hoje, trabalhe duro

Este princípio nos ensina que nada se consegue sem trabalho. Para alcançarmos qualquer coisa em nossas vidas é necessário trabalho e dedicação. Devemos conquistar as coisas sempre por nosso esforço e nunca nos utilizando de meios ilícitos para conseguirmos aquilo que desejamos. O trabalho sempre é recompensado, algumas vezes não no tempo que desejamos, mas no devido tempo.

Só por hoje seja Gentil

Alguns consideram esse como sendo o princípio mais difícil de ser seguido. Ele implica em que não devemos ameaçar ou subjugar outros seres vivos de nenhuma forma. A natureza deve ser respeitada, assim como os animais e os outros seres humanos. Porém, muitas vezes queremos dominar outros seres para atingirmos nossos objetivos, e quem mais se prejudica nesse processo somos nós mesmos. Mesmo que muitas vezes julguemos que o outros nos deram motivo para agirmos de forma agressiva, o máximo que o outro faz é despertar algo que já existia dentro de nós. Assim, deveríamos agradecer ao invés de julgar aqueles que nos mostram nossas sombras.




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Adriano Rosatti

Adriano Rosatti Campo é psicologo pela UNESP, com Especialização na abordagem Junguiana e Mestrando em Ciência da Religião, Trabalha com diversas terapias vibracionais como Reiki, Magnified Healing, Perola de Kuan Ying e possui iniciação no TAO. Também atua como astrólogo tropicalista email: adrianorosatticampo@gmail.com whatsapp (11) 993904476 Instagram: Astrologoarianocampo *Instagram Astrologoadrianocampo https://www.facebook.com/adriano.campos.5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *