Numerologia 2020 – Ano da Realização

Numerologia 2020 – Ano da Realização

2020: Um ano de vibração 4. E o que isso significa? Primeiramente, vamos entender o itinerário que nos traz ao número 4. 

De acordo com a Numerologia de Pitágoras, os ciclos em nossa vida se completam a cada nove anos. 

Nesse período, passamos por aprendizados com cada um dos números, de 1 a 9, desenvolvendo e lapidando nossa habilidade em lidar com a vida e com nossos números pessoais. Isso vale para cada indivíduo, que passa simultaneamente por seus próprios ciclos de anos pessoais, mas também se aplica ao processo de evolução coletiva. 

No ano de vibração 1, estamos dando início a uma jornada por todos os números naturais. 

É o momento do crescimento individual. De travarmos um novo contato com quem nos tornamos através da trajetória anterior e nos reformular, redefinir nossas prioridades e crescer. Investimos em nós mesmos e pensamos individualmente a fim de sermos mais íntegros em nosso meio. Vivenciamos esse recomeço em 2017.

Em seguida, passamos pela vibração 2 e reaprendemos a nos relacionar conosco, com o outro e com o meio. 

Através dos relacionamentos, parcerias e sociedades nos localizamos, aprendemos a definir nosso próprio espaço e a desenvolver relações sadias, dentro das quais construímos o reconhecimento do nosso valor. Agimos pensando no que é melhor para solidificar nossas relações interpessoais. Percebemos a nós mesmos através do feedback delas. Atravessamos esta etapa em 2018. 

Assim chegamos ao 3, à expansão. Queremos mais e melhor, tudo o que desenvolvemos está vibrando intensamente. 

Então rompemos com aquilo que nos limita, expressamos nossas ideias e ideais, saímos da intimidade rumo à coletividade transbordando tudo o que se acumulou em nós. Muitas vezes, de forma superficial e descompromissada, pois é um momento de experimentação, em que testaremos o que nos parece mais inovador e mais apto a revolucionar e romper padrões. Esse ciclo aconteceu em 2019. 

Agora, 2020, chegamos ao 4 – o momento de levar à sério o caminho que escolhemos e o que ele requer para dar bons frutos, nos movendo ativamente, definindo o que é cabível e concreto ou não em tudo aquilo que desabrochou em nós no ciclo anterior. E também de compreender o que realmente plantamos até agora através da materialização dos resultados. Estamos construindo nossa realização pessoal, seja o que for aquilo que nos realiza.

O 4 é o número do trabalho, da concretização e do poder. A vibração 4 traz a energia do PROVER e do CONSERVAR. Ela determina a busca de segurança e de tudo o que nos proporciona estruturas. 

O 4 nos pede a observação cuidadosa do que estamos construindo, de como estamos construindo e, sobretudo, em nome e à custa de quê.

A característica mais marcante da vibração 4 é a capacidade de materialização. Para isso, ele foi dotado de alguns dons, como proatividade e perseverança, paciência, estabilidade e estratégia. Por outro lado, os aspectos mais subjetivos da nossa humanidade ficam em segundo plano – como a empatia, a flexibilidade, a emotividade, a intuitividade e a diversão. 

A vibração 4 tende a ser fria, objetiva, calculista como uma máquina de construir. Portanto, será preciso relembrar sempre que não somos máquinas e sim almas, que nossos sentimentos e os sentimentos alheios precisam ser levados em conta, que os fins não justificam os meios. Que a vida não se resume às nossas conquistas, mas também deve ser desfrutada. 

Neste ano tudo a que estamos nos dedicando tende a mostrar resultados (bons e ruins, determinando o que precisamos adequar). Também será exigido de nós dedicação e compromisso (para alguns, algo natural e fácil; para outros, habilidades a desenvolver).  E podemos, neste ano, consolidar aquilo que já está em construção, que já possui alicerces, e começar a colher resultados.

Através daquilo que se materializa e que colhemos, nos afirmamos. Assim podemos nos observar e reconhecer os aprendizados que ainda não adquirimos e as ferramentas que já possuímos no ambiente da vida prática, material, cotidiana. 

O 4 também traz implícito o apego, pois ele requer estabilidade. 

Então, mesmo que neste ano os frutos do nosso esforço mostrem que estamos na trajetória errada, não sairemos dela antes do ano acabar. A não ser através de muito autoconhecimento e autodomínio – ou quebrando a cara por teimosia e sendo arrastados pela vida. 

E como ficam as nossas relações?

A tônica de 2020 é a da construção do nosso império. Como consequência, será preciso reconhecer nossas carências e inseguranças para não tratar as pessoas ao redor como bens adquiridos. Reservar espaço para viver a afetividade e o prazer e para relaxar. Todos os sentimentos negativos não resolvidos em nós tendem a se mostrar em sua versão mais sólida, e estaremos à mercê deles se enrijecermos. 

A posse e a necessidade de controle que mora em cada um de nós pode ser provocada e vir à tona, mostrando todo o seu potencial.

Relacionamentos bem estruturados, baseados em apreciação e respeito, se aprofundam e ficam sérios. Já as relações construídas a partir da carência ou do interesse podem se tornar doentias e mergulhar nos jogos de poder. Encerrar um relacionamento neste ano será um teste de força de vontade, pois tudo nos impulsiona à preservação das estruturas que já temos, por piores que sejam.

Ainda assim, é um momento muito favorável para começar um novo relacionamento, pois estaremos todos em busca de estruturas – de preferência sólidas. E aquilo que não oferece compromisso e perspectiva de futuro também mostrará a que veio, sendo descartado.

Não é momento para brincadeiras, em nenhuma área da vida.

Por tudo isso, na frequência do 4 cabe nos perguntarmos se estamos obstinados em “ter” (seja lá o que for) porque não sabemos lidar com carências, inseguranças e medos ou se estamos mesmo nos realizando através daquilo que estamos construindo e preservando.

E no cenário político? 

A vibração do 4 traz um prognóstico desafiador. Estaremos nos deparando com a consolidação de um projeto (iniciado em 2017 quando este ciclo começou). E essa consolidação mostrará qual a natureza dos atuais governantes.

O 4 tende ao controle, a exercer poder passando por cima de qualquer coisa sem levar em conta aspectos subjetivos e importantes (a arte, a vida humana, a relação do homem com a natureza). Ele faz estragos – muitas vezes irreparáveis – quando não há amadurecimento emocional ou quando não há nada capaz de colocar limites a ele, chamando à consciência. 

“Os fins justificam os meios” é uma frase típica da vibração 4. 

Assim sendo, podemos contar com decisões controvertidas, perdas aqui para obter ganhos ali, e pouca ou nenhuma valorização do ser humano, seu desenvolvimento e cuidado. Tendências conservadoras podem se transformar em conservadorismo exacerbado.

Certamente será um ano recheado de conflitos e disputas de poder. Governo versus oposição, povo versus governo, prós versus contrários. E será preciso criar movimentos de grande porte para delimitar o que é aceitável ou não para nós enquanto sociedade. 

Além disso, podemos esperar por abusos de poder e uso indevido da força bruta – aspectos sombrios relacionados a uma vibração 4 desequilibrada – em nome do controle. Por outro lado, também os prejudicados tendem a responder impondo respeito. 

Este não promete ser um ano fácil para a coletividade. 

No entanto, individualmente, é um momento de expansão, crescimento e abundância para quem está pisando firme e buscando seus verdadeiros propósitos sem medos. 

Para aproveitar bastante os aprendizados proporcionados pela vibração 4, devemos ouvir e adoçar o coração. E recordar que nem tudo está sob nosso comando, então flexibilizar é preciso, sempre. E vamos lá nos realizar e realizar grandes coisas para o mundo em que vivemos!

Abençoados sejam!

Lara Félix




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

2 comentários em “Numerologia 2020 – Ano da Realização

  • janeiro 1, 2020 em 7:38 pm
    Permalink

    Gratidão por nos brindar com essas informações. Irei me esforçar para seguir junto, e perceberei movimentações individualistas, assim como justificativas em demasia.

    Resposta
    • janeiro 1, 2020 em 8:11 pm
      Permalink

      Feliz 2020! Sigamos firmes porém flexíveis… Flexibilidade e “arejar” será indispensável. Que seja um ano cheio de realizações e que possamos fazer crescer o melhor de nós!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *