Mediunidade Ostensiva e as Interações energéticas e Espirituais

Mediunidade Ostensiva e as Interações energéticas e Espirituais

A mediunidade é uma ponte que une o mundo material (intrafísico) e espiritual (extrafísico). E, todos nós possuímos tal faculdade, visto que, todos somos médiuns. O que nos difere uns dos outros são os fenômenos e a frequência com que eles ocorrem. A mediunidade ostensiva, nada mais é que a maior incidência e recorrência dos fenômenos que compreendem o universo mediúnico.

Existe uma infinidade de formas de manifestação mediúnica e uma diversidade imensurável de médiuns. Portanto, não há um consenso na classificação da mediunidade. Pois, todos somos únicos com características e particularismos que nos diferem dos demais.

Cada um de nós encontra-se em um momento evolutivo completamente diferente do outro. Cada um de nós possui um histórico de vidas sucessivas que nos compõe. Sendo assim, a mediunidade também é uma característica singular do ser. Todos nós sentimos e interpretamos de diferentes maneiras nossos parafenômenos.

De que forma ocorre a manifestação de um desencarnado para um encarnado?

Você já sentiu algum arrepio, uma espécie de vibração ou formigamento pelo corpo? Essas sensações, provavelmente, tem sua origem proveniente das interações energéticas interpessoais e extrafísicas (espirituais).

Por exemplo, uma pessoa que ainda não se descobriu médium, pode viver em constante alerta quanto a presença de doenças em seu corpo físico. Devido ao fato de que um desencarnado ao aproximar-se de um encarnado transmite energeticamente tudo o que está sentindo.

Nesse caso, é comum confundir o que é da consciência desencarnada e o que é próprio da pessoa encarnada. Devido a alteração que todos os corpos físico, mental e emocional do indivíduo sofrem pela presença ou proximidade de um espírito.

Então, é possível e comum sentir dores pelo corpo. Além de mudança brusca de sentimentos e pensamentos, estes podem passar a ser destrutivos ou autodestrutivos.

De que maneira podemos perceber  manifestações de desencarnados?

As pessoas as quais descartaram o corpo físico, ou desencarnaram, continuam sua comunicação. Entretanto, tal percepção é percebida mais facilmente por quem possui mediunidade ostensiva, maior sensibilidade. Sendo assim, é possível sentir sua dor, seu sofrimento, bem-estar e tranquilidade. O que depende do momento pela qual a consciência está passando.

Possuir habilidades parapsíquicas ou capacidades mediúnicas é, portanto, ser capaz de ler o que está além da realidade física. Isso significa que para tal, é necessário expandir o seu nível consciente e perceptivo em relação a outras dimensões. Para isso, é necessário desenvolver sua habilidade ou capacidade perceptiva.

Muitas vezes, os médiuns, parapsíquicos são também chamados de Sensitivos. Diante disso, é impossível descartar que um dos principais atributos que carecem de desenvolvimento é a sensibilidade.

Alguns exemplos de percepções da presença de pessoas sem o corpo físico.

Mantenha em mente que a ocorrência e a manifestação podem sim ser semelhantes entre si. Porém, nunca idênticas às ocorridas com outro médium. Por este motivo, o mais indicado é que cada um desenvolva sua própria lista de parapercepções. Abaixo estão alguns dos sinais mais comuns em decorrência dessas interações em nosso cotidiano.

Arrepios com sensação de frio ou calor em regiões do corpo em forma de ondas. É possível identificar a natureza da consciência pela sutileza ou densidade energética do arrepio. A manifestação agradável e sutil, indica interação saudável. Já a presença de espíritos densos, em desequilíbrio emocional, causam sensação de mal-estar.

Tontura, pode indicar descoincidência do corpo energético. Também pode sinalizar bloqueio no chacra coronário, ou ainda, atividade mediúnica descontrolada, denominada também de labilidade parapsíquica.

Inchaço, o que tanto pode ser localizado ou generalizado. Também chamado de balonamento. O que pode indicar movimentação dos corpos que compõe a consciência ou acoplamento com outra consciência.

Choro sem motivo aparente. Pode ser indício de acoplamento com uma pessoa desencarnada que está em sofrimento.

Podem ocorrer ainda…

  • Falta de ar, aceleração cardíaca.
  • Tremores incontroláveis pelo corpo, que podem surgir como solavancos.
  • Formigamento de algum membro do corpo físico.
  • Peso na região das costas entre as escápulas, nas pernas, braços, costas, cabeça.
  • Entorpecimento geral dos sentidos usuais.
  • Sensação de nó na região da garganta ou peito.
  • Sono, movimento acelerado dos olhos e pálpebras pesadas, visão embaçada, bocejos… entre outros.

Certamente, alguns desses sintomas você já vivenciou. Conte para nós suas experiências. Divida suas percepções. Essa troca de informações auxilia a evolução de todos nós.




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Flávia Maria

Não somos apenas o corpo físico, existem ao menos mais 3 corpos em nós que precisam de atenção. Minha área de atuação permite que eu trabalhe a parte mental, emocional e energética do ser. É por meio da organização de pensamentos, sentimentos e energia que podemos alcançar a compreensão, o que nos permite ressignificar medos, traumas e transtornos. Auxilio no desenvolvimento mediúnico e, também, no esclarecimento para aqueles que convivem com médium ostensivo. Meus estudos e vivências compreendem religiões como Espiritismo (Kardec), Umbanda, Candomblé, passando pela Ayahuasca e por técnicas como Reiki, Cromoterapia, Cristaloterapia, Radiestesia e Fitoenergética, além de amplo e constante estudo dentro da Conscienciologia. Meus atendimentos não possuem um padrão e/ou cunho religioso, pois é desenvolvido conforme a demanda que chega até mim. Meu intuito é contribuir com a evolução humana independente da visão que o outro tenha. Atendimento presencial e online. Contato: Wpp: (43) 99858-3965 Email: flaviaaadiasss@gmail.com Instagram: flaviamaria_terapias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *