Você cria sua saúde e doença: Cure-se

Você cria sua saúde e doença: Cure-se

NOSSAS DOENÇAS SÃO EXPLICADAS A PARTIR DAQUILO QUE PENSAMOS, VIBRAMOS, E SENTIMOS, O QUE VIBRAMOS É O QUE CRIA NOSSA REALIDADE.

A nossa realidade, nosso estado físico, tem total relação com a forma que pensamos, experimentamos e sentimos as coisas. Nada que acontece no nosso corpo é involuntário, o nosso organismo é sábio e nos dá sinais de diversas formas.

Todo e qualquer processo que acontece no corpo tem uma razão de ser. E nós somos portanto, os únicos responsáveis pela nossa saúde mental e física.

Ao redor do nosso corpo físico existe um campo eletromagnético que está conectado com as nossas glândulas através dos Chackras (nossos centros de força), um sistema de energia que precisa ser tratado: a aura, fluído ou sistema sutil que emana do corpo e possui sete camadas, é nosso escudo energético protetor, que precisa ser harmonizado para que alcancemos equilíbrio físico, mental, emocional, e espiritual.

NÓS NÃO SOMOS APENAS UM CORPO FÍSICO!

Precisamos tratar do nosso campo espiritual, do nosso campo eletromagnético conhecido como aura. Quanto mais trabalhamos a nossa aura mais expandimos o nosso escudo de energia eletromagnética.

Tanto traumas quanto bloqueios, ficam enraizados no nosso inconsciente. Consequentemente, registrados nas nossas células, desequilibram nosso emocional e precisam ser tratados através do acolhimento, do cuidado com a qualidade dos pensamentos, amor incondicional, e da prática de um caminho espiritual interno, FORA DAS RELIGIÕES que adestram o homem através do medo.

Contudo, se optar em escolher um caminho externo, baseado nas religiões, no medo e na imposição das coisas, na crença do inferno e de um Deus punitivo; através do julgamento, mais uma vez vibraremos em frequências baixas que resultarão em doenças no corpo mental, e consequentemente físico. Ou seja, a pior doença que já existiu na face da terra é a religião. Se você quer ser saudável: evite acreditar em um Deus que vai te mandar pro quinto dos infernos.

Espiritualidade não tem a nada a ver com religião.

A espiritualidade é baseada em experiências pessoais aonde, de forma interna se busca alcançar um estado elevado da consciência, ou seja, oposto da religião que em sua maioria é punitiva e adestradora.

Para compreender a espiritualidade e vivenciar esse aspecto é necessário trilhar um caminho interno e pessoal, aonde apenas você pensa por si mesmo, e tem livre arbítrio. Na verdade O Deus real está dentro de você e não na igreja.

Conhece-te a ti mesmo.

Resumo da ópera, o Deus que compreendo possui muitos aspectos, habita num animal, numa planta, nos rios, e descansa na floresta. Há divindade e energia desde a pedra ao espírito.

A energia divina, a energia cristalina é sempre boa, nunca vibraria na frequência quer do medo, quer do sofrimento e punição.

A maldade está no homem que necessita urgentemente se reconstruir e evoluir.

A energia criativa, aquela que gera o Universo, é mantém Gaia viva, O Criador, só poderia nos nutrir de uma energia amorosa e de acolhimento.

Quando os ser humano vibrar apenas na frequência do amor, sem medos e julgamentos, encontrará a cura para todas as doenças…

É através da prática diária que a experiência espiritual se manifesta. Assim sendo, torna-se possível encontrar bem-estar, prosperidade e saúde em todos os aspectos.

Tudo que compõe nosso corpo físico precisa estar em harmonia com o nosso aspecto energético e espiritual, o que criará de forma quântica a nossa realidade física.

Para que haja o funcionamento ideal do nosso organismo se faz necessário o cuidado para com o espírito que também compõe o ser humano, e esse sistema energético é o que co-cria a nossa realidade em parceria com os nossos pensamentos, sentimentos e emoções.

Esse nosso campo eletromagnético pode ser ampliado conforme vibramos energias elevadas.

Quanto mais vibramos energias sutis (amor, cura, gratidão, empatia, compaixão…), mais expandimos a nossa aura e a conexão com o cosmos.

Somos um espírito em processo de expansão, que de forma quântica está conectado com o todo, conectados com o Universo. Essa compreensão nos convida a reflexão, com objetivo de alcançar uma nova visão de unidade, nesse momento expandimos a consciência.

O DOUTOR STUART HAMEROFF, DO DEPARTAMENTO DE ANESTESIOLOGIA E PSICOLOGIA, E DIRETOR DO CENTRO DE ESTUDOS DE CONSCIÊNCIA DA UNIVERSIDADE DO ARIZONA, NA CIDADE DE TUCSON, ESTADOS UNIDOS, E SEU COLEGA, ROGER PENROSE, FÍSICO, MATEMÁTICO NA UNIVERSIDADE DE OXFORD, NO REINO UNIDO, ESTÃO DESDE 1996 TRABALHANDO EM UMA TEORIA QUÂNTICA DA CONSCIÊNCIA.

Stuart Hameroff e Roger Penrose, dois cientistas com reconhecimento internacional afirmam poder provar a existência da alma.

Para eles, a consciência não é um fenômeno exclusivo da nossa espécie, mas sim uma propriedade fundamental do próprio universo. Nós, humanos, sendo parte do universo, também a possuímos em menor ou maior grau de consciência que pode ser expandida ou não.

O médico Hameroff declarou que quando “o coração deixa de bater, o sangue deixa de fluir, os microtúbulos perdem seu estado quântico. No entanto, a informação quântica contido nos microtúbulos não se destrói; não pode ser destruída; simplesmente se distribui e se dissipa pelo universo”.

O corpo é um veículo passageiro do espírito que é eterno e precisa ser desenvolvido.
Desperte para o aspecto espiritual, esse é o motivo de estarmos aqui.




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Suzana Cressembine

Suzana Cressembine, 35 anos, terapeuta integrativa, mestre em Reiki, terapeuta floral pelo Instituto Bach International Education Programme. Em 2016 se realizou como terapeuta e palestrante ao realizar cerca de 20 palestras, e 200 atendimentos a mulheres em situação carcerária, no Projeto MUSARE - Mulher, Saúde e Reintegração, no Centro de Ressocialização Feminina de São José dos Campos, SP – onde foram conduzidas experiências com meditação e Reiki. Com mais de 4 anos de atuação como mestre, ofereceu vários cursos em diversos níveis, e tem como especialidade o atendimento a pacientes com dores emocionais crônicas. Associando aos seus atendimentos diversas práticas terapêuticas: meditação, musicoterapia, cromoterapia, numerologia, dentre outras práticas integrativas complementares em saúde - PICS. Nas horas vagas é apreciadora das artes e música, é praticante das Danças Circulares, trapezista e palhaça por formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *