Jair Bolsonaro pela Astrologia Tradicional

Jair Bolsonaro pela Astrologia Tradicional

Jair Bolsonaro nasceu em Glicério, portanto interior de São Paulo, no dia 21 de março de 1955 às 14:45h.
Esse horário de nascimento foi encontrado através de estudos e pesquisas de diversos astrólogos.

O Ascendente Câncer traz assim um lado família, conservador e emocionalmente reativo.
Urano no mesmo grau do Ascendente revela que ele é rebelde, transgressor, não segue normas e atrai situações de quebras e rupturas.

Júpiter em Câncer (exaltado) também encontra-se no Ascendente, o que aponta proximidade com figuras e situações ligadas à justiça. Júpiter, inclusive, é o regente da casa 9 (justiça) e da casa 6 (doença). Ele tende a ter problemas de saúde tanto no sistema digestório quanto no fígado.

Com Câncer no Ascendente, o planeta que conquanto o representa é a Lua; até mais do que o Sol em Áries. Essa Lua tem como dispositor Saturno (grande maléfico), está na casa 8 (morte) e faz oposição com Plutão (intensidade, destruição). Isso dá força e resistência ao nativo, contundência, magnetismo e poder de destruir, principalmente a si próprio.

O Meio-do-Céu revela então a vida profissional, encontra-se em Touro e em conjunção com Marte (pequeno maléfico). Isso fala sobre carreira militar, competitividade e desavenças. Vênus é o regente do Meio-do-Céu, na casa 8 em quadratura com Marte e o MC, aponta para dificuldades e possibilidade de finalizações na esfera do trabalho.

Marte é o regente da casa 10, na qual encontra-se o Sol em Áries (exaltado), que diz dele destacar-se profissionalmente e assumir posições de liderança. Marte também rege a casa 5 e aponta para a presença dos filhos com ele na política.

Ainda sobre os filhos, na casa 5 encontra-se todavia Saturno e isso mostra que ele se sente responsável pelos filhos, que por sua vez, lhe dão bastante trabalho. Saturno faz oposição com Marte e quadratura com Vênus, existe a possibilidade dos filhos atrapalharem sua carreira profissional.

Adentrando agora nas predições, as Direções por Termos trazem como cronocrata (regente do momento) Mercúrio na casa 9, que aborda assim questões de justiça. Pelas Profecções o cronocrata portanto é Júpiter, que também se refere a situações com justiça, que estão acontecendo no momento.

A Firdária é outra técnica tradicional de predição, na qual ele encontra-se em um período de Marte e sub-período do Sol. Ambos estão sobretudo relacionados com a carreira política e revelam exposição da mesma. Isso ativa a oposição entre os dois maléficos e traz portanto riscos.

 

A Revolução Solar (mapa anual) tem Touro no Ascendente e Vênus como regente, que está no Ascendente com Urano. Essa configuração gruda no Meio-do-Céu do mapa natal e traz possibilidades de imprevistos (Urano) causados por ele (Vênus) na profissão (MC).

Um outro ponto que chama a atenção na Revolução Solar é o Sol em Áries na casa 12, que fala de dificuldades na vida política para esse ano. Marte, Júpiter, Saturno e Plutão estão na casa 9, o que remete novamente à justiça. Esse stellium cai na casa 7 do mapa natal e faz oposição com o Ascendente, trazendo dificuldades para ele.

A lunação do dia 07 de maio pode trazer sobretudo informações que estavam ocultas sobre o seu governo, uma vez que fez conjunção com Saturno, oposição com Marte e o Meio-do-Céu, bem como quadratura com Vênus (regente do MC) e Lua (regente do Asc).

A última coisa que se olha portanto em Astrologia Clássica são os trânsitos, e isso para confirmar o que foi visto nos cronocratas. Marte em trânsito faz conjunção com a Lua e o deixa irritado, estressado e no limite, como ele mesmo disse.

Ao entrar em Peixes, Marte fará conquanto conjunção com Mercúrio e vai trazer situações com a justiça. A partir de 28 de junho Marte entrará em Áries, fará conjunção com o Sol na casa 10 e ficará assim durante todo o segundo semestre. Isso traz assim uma maior exposição de sua carreira política, mas por se tratar do trânsito de um maléfico e o Sol estar na casa 12 do mapa anual, não serão coisas tranquilas que virão à tona.

No início de 2021 Marte entrará em Touro, fará então conjunção com o Meio-do-Céu, com ele mesmo, com Urano em trânsito e oposição com Saturno. Ao mesmo tempo Júpiter e Saturno estarão conjuntos em Aquário, assim como Mercúrio e Plutão em Capricórnio. Tudo isso vai causar sobretudo profundas mudanças em sua carreira política, envolvendo questões judiciais e com chances de alterar e finalizar o jogo.




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Antonio Brito

Antônio Brito é astrólogo com especialização em Astrologia Tradicional (Horária, Eletiva, Mapa Natal e Sinastria). Atua na área desde 1997 e participou como palestrante em diversos congressos: Cinat (2019), Cinastro (2017/2014), Astroconet (2014), Astrológica (2011). É professor da Gaia Escola de Astrologia, onde se formou e ministra aulas desde 2005, além de ser um dos autores do CBA nº 14 sobre Astrologia Horária. www.astrologiaecompanhia.com.br https://www.youtube.com/channel/UCjWftA0tvb4fw4LEY2aadlQ?view_as=subscriber

4 comentários em “Jair Bolsonaro pela Astrologia Tradicional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *