REIKI e o bambu: deixe a energia fluir através de você

REIKI e o bambu: deixe a energia fluir através de você

Sons do bambu

Já há algum tempo o bambu tem me chamado. Sua aparência, o som suave produzido quando o vento passa pelo bambuzal….

O bambu tem uma forte simbologia para o reikiano. Alguns autores me inspiraram nesse texto, segue o link ao final.

Seja como o bambu

Na cultura japonesa, o bambu representa flexibilidade, lealdade, superação, crescer forte, e outras qualidades.

Mas, para o reikiano, o significado mais importante é o vazio interno da planta. Como o bambu, o reikiano também deve ser oco, ser apenas um canal para a energia Reiki.

Seja como o bambu… Assim como o interior da planta é vazio, o convite ao reikiano é que se esvazie para fluir a energia Reiki através de si.

 O bambu e o Reiki

No Reiki outras qualidades do bambu também nos inspiram:

Força: aparentemente frágil, o bambu é resistente, mesmo nas condições climáticas mais adversas. Ele nos convida a permanecermos suaves, sem combater, alinhados com nossa essência – a nossa verdadeira força. Não precisamos ser grandes para sermos fortes – essa é uma das mensagens do bambu.

Flexibilidade: o que não se curva, quebra. O bambu se curva, mostrando humildade e não-resistência; adaptabilidade às circunstâncias. Assim como essa planta, flua com o rio da vida!

Base: as profundas raízes do bambu nos sinalizam a buscar nossas raízes, nos embasarmos, nos prepararmos; mesmo que isso demande tempo – como acontece com a planta, que fica um longo tempo desenvolvendo-se sob o solo, até lançar seus brotos.

A planta demora a ‘brotar’, mas, no solo, está lançando suas raízes. Essa é uma lição de paciência com nossos processos. E persistência.

Entender que uma grande touceira tem uma firme base, construída com tempo. Essa característica da planta também traz a lição da paciência – para construir bases sólidas.

Mas, depois que se estrutura, seu crescimento é rápido, chegando a grandes alturas.

Vida em comunidade: a planta se desenvolve numa touceira. Não há bambus isolados. Isso não quer dizer que em nossa trajetória temos que nos manter unidos ao que não nos traz significado. Mas é inegável a benção do apoio dos nossos iguais e como fica mais fácil a caminhada partilhada.

Em tempos de valorização da individualidade, o bambu nos lembra o valor do grupo, da comunidade, dos seus pares.

Vazio: o interior vazio do bambu é um convite ao esvaziamento do que nos faz mal. Um convite ao esvaziar a mente e meditar. Num interior vazio há espaço para habitar a paz. Saiba de onde você veio. Consciência tranquila, serena, receptiva.

Resistência e recuperação: mesmo não tendo grande diâmetro, o bambu atinge grandes alturas porque é resistente e tem raízes firmes. Dentro de nós também há resistência.

Retidão: trabalhando a cada dia. Tendo como meta o alinhamento, a elevação – assim como a planta, sempre para o alto, sem se ‘perder’ em muitos galhos.

Renovação: algumas plantas cessam o crescimento quando chegam a determinado tamanho, mas não o bambu…. aceitar os invernos. E acreditar que a primavera retorna.

NOTA: para esse texto me inspirei nas publicações abaixo:

 

http://www.wemystic.com.br/artigos/os-ensinamentos-do-bambu-a-planta-simbolo-do-reiki/

https://www.joaomagalhaes.com/o-tao-do-reiki/2013/09/licoes-bambu-praticantes-reiki/




Deixe seu like e siga nossa Rede Social:
0

Maria Aparecida

Maria Aparecida Angeleti - Sidarah CRTH-BR ABRATH - Terapeuta e Mestre em Reiki - educadora e terapeuta floral (sendo practitioner formada pela Bach Foundation – Inglaterra) - Aromatóloga - Massoterapeuta e Reflexoterapeuta (com formação pela ITM School, Tailândia) - terapeuta em CQE e CE - radiestesista - esteticista naturalista com Mestrado na área de ciências humanas, foi professora universitária palestrante em temas de saúde, com artigos publicados em jornais, revistas e mídia digital contato: (27) 99696-3410 - sidarah@gmail.com Facebook, Instagram e YouTube: sidarah terapeuta

Um comentário em “REIKI e o bambu: deixe a energia fluir através de você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *